06 novembro 2012

JORNALISTAS EXCOLHEM OS MELHORES DEPUTADOS FEDERAIS DE 2012


De todos os nomes escolhidos, destacam-se, por exemplo, o reconhecimento ao trabalho desempenhado pelo 'palhaço' Tiririca (PR-SP) e o fraco desempenho dos parlamentares do Rio Grande do Norte. Pra variar, não teve um único parlamentar com atuação que merecesse destaque.
 
ACM Neto (DEM-BA)
Natural de Salvador, 33 anos, advogado, exerce seu terceiro mandato na Câmara. Elegeu-se prefeito de Salvador no último dia 28 de outubro. Neto do falecido ex-senador Antônio Carlos Magalhães, destacou-se como uma das principais vozes da oposição na crise do mensalão. Foi um dos sub-relatores da CPI dos Correios. Acumulou a 2ª-vice-presidência e a corregedoria da Câmara em 2009 e 2010. Lidera a bancada do Democratas na Câmara pela terceira vez. Figura entre os contemplados pelo Prêmio Congresso em Foco pela quarta vez (2007, 2009, 2011 e 2012). Também é destaque na categoria Parlamentar de Futuro.

Alessandro Molon (PT-RJ)
Mineiro de Belo Horizonte, tem 41 anos e está no primeiro mandato federal. Professor de Direito da PUC-RJ, é advogado e bacharel em História, área na qual fez mestrado. Foi deputado estadual. Coordena a comissão externa sobre o legado da Copa e dos Jogos Olímpicos para o Rio e região. Foi o parlamentar mais votado pelos internautas na Defesa da Segurança Jurídica ano passado. Além de ser indicado entre os melhores deputados este ano, também é destaque na Defesa da Inovação Tecnológica e no Combate ao Crime Organizado.

Alfredo Sirkis (PV-RJ)
Carioca, 61 anos, jornalista, exerce seu primeiro mandato na Câmara. Um dos fundadores do Partido Verde no Brasil, foi presidente nacional do PV e vereador no Rio. Começou sua militância política ainda na adolescência, participando ativamente de ações contra a ditadura, inclusive na luta armada. Exilou-se na Argentina, no Chile, na Suécia e em Portugal. Candidatou-se à Presidência da República em 1998 e foi um dos artífices da candidatura de Marina Silva (PV) à Presidência da República em 2010. Está entre os melhores parlamentares pelo segundo ano consecutivo.

Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP)
Natural de Piracicaba (SP), tem 66 anos e está no sexto mandato na Câmara. Formado em Agronomia e Direito, é professor universitário licenciado. Comandou a prefeitura de Piracicaba entre 1993 e 1996 e foi secretário estadual de Recursos Hídricos, Saneamento e Obras de São Paulo. É autor do projeto que resultou na Lei Complementar 128/08, que criou a figura do Microempreendedor Individual (MEI). Entre 2005 e 2006, presidiu a CPI da Biopirataria. Contemplado pela primeira vez com o Prêmio Congresso em Foco.

Benedita da Silva (PT-RJ)
Carioca, tem 70 anos e está em seu terceiro mandato na Câmara. Formada em Estudos Sociais e Serviço Social, foi a primeira mulher negra a conquistar uma cadeira no Senado, em 1994. Começou sua militância política na Associação das Favelas do Estado do Rio de Janeiro. Eleita vice-governadora em 1998, comandou o estado por nove meses em 2002. Foi ministra da Assistência Social no governo Lula e secretária de Assistência Social e Direitos Humanos no governo Sérgio Cabral (PMDB) no Rio de Janeiro. Figura pela primeira vez na lista dos melhores parlamentares feita pelos jornalistas.

Bruno Araújo (PSDB-PE)
Nasceu em Recife, tem 40 anos e está em seu segundo mandato na Câmara. Advogado formado pela Faculdade de Direito de Recife (UFPE) e doutorando em Ciências Jurídicas, foi deputado estadual antes de chegar à Câmara, em 2007. Na Assembleia Legislativa, atuou como líder do governo Jarbas Vasconcelos (PMDB). Como deputado federal, foi relator-geral de receita da proposta orçamentária de 2011 e presidiu a Comissão de Ciência e Tecnologia. É líder do PSDB na Câmara. Contemplado com o Prêmio Congresso em Foco pela primeira vez.

Carlos Sampaio (PSDB-SP)
Nascido em Campinas (SP), tem 49 anos e está no terceiro mandato na Câmara. Promotor de Justiça, licenciou-se do Ministério Público Estadual para ingressar na política em 1992. Foi vereador em sua cidade natal e deputado estadual. Como relator no Conselho de Ética, recomendou a cassação de dois deputados por quebra de decoro parlamentar: Pedro Corrêa (PP-PE), em 2005, e Jaqueline Roriz (PMN-DF), em 2011. A deputada acabou absolvida pelo plenário. É titular da CPI do Cachoeira. Está entre os parlamentares premiados pelo segundo ano consecutivo.

Chico Alencar (Psol-RJ)
Carioca, 63 anos, está no terceiro mandato na Câmara. Começou sua trajetória política nos movimentos sociais. Mestre em Educação, é professor licenciado da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Deixou o PT, pelo qual foi vereador e deputado estadual, na crise do mensalão. Tem discurso pautado pela defesa da ética e pelo combate às desigualdades sociais. Líder do Psol na Câmara, foi considerado o melhor deputado pelos jornalistas nos últimos quatro anos. Venceu a votação na internet em 2010 e 2011. Ainda no ano passado, conquistou a categoria Defesa da Democracia e da Cidadania.

Domingos Dutra (PT-MA)
Natural de Buriti (MA), tem 56 anos e está no terceiro mandato na Câmara. Advogado, começou sua trajetória política como vereador em São Luís, em 1989. Em 1995, tornou-se o primeiro descendente de quilombola a assumir uma cadeira no Congresso. Foi vice-prefeito da capital maranhense na gestão Jackson Lago (PDT). Adversário histórico da família Sarney, fez greve de fome contra a decisão do PT de apoiar a reeleição da governadora Roseana Sarney (PMDB) em 2010. Preside a Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Está entre os melhores parlamentares pelo terceiro ano consecutivo.

Dr. Rosinha (PT-PR)
Nasceu em Rolândia (PR) há 62 anos e está em seu quarto mandato na Câmara. É médico pediatra com especialização em Saúde Pública e Medicina do Trabalho. Presidiu a Associação dos Servidores Municipais de Curitiba, foi vereador e deputado estadual. Tem entre suas bandeiras políticas a luta contra a terceirização dos serviços públicos, a valorização dos servidores e a ampliação das fontes de recursos para a saúde pública. Presidiu o Parlamento do Mercosul (Parlasul). Recebe o Prêmio Congresso em Foco pelo quinto ano consecutivo. Pela terceira vez, é destaque na Defesa da Saúde.  

Henrique Fontana (PT-RS)
Natural de Porto Alegre, 52 anos, exerce o quarto mandato de deputado. Formado em Administração de Empresas e Medicina, foi vereador e secretário de Saúde na gestão de Raul Pont (PT) na capital gaúcha. De 2008 a 2010, foi líder do governo na Câmara e articulou a aprovação de projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida. Como relator, apresentou em 2011 uma proposta de reforma política, que ainda aguarda votação pela comissão especial. Figura entre os melhores parlamentares pelo sexto ano.

Ivan Valente (Psol-SP)
Paulistano, 66 anos, exerce o quinto mandato na Câmara. Professor, engenheiro e matemático, começou sua militância no movimento estudantil. Perseguido, preso e torturado na ditadura militar, ajudou a fundar o Comitê Brasileiro pela Anistia em São Paulo. Foi deputado estadual. Em 2005, trocou o PT pelo Psol após ser punido pelo partido por ter votado contra a reforma da Previdência defendida pelo governo Lula. Destacou-se como um dos principais aliados dos ambientalistas nas discussões do Código Florestal. Recebe o prêmio pela sexta vez. Foi um dos destaques na Defesa dos Consumidores em 2011.

Jandira Feghali (PCdoB-RJ)
Curitibana, 55 anos, exerce seu quinto mandato de deputada. É médica especialista em Cardiopediatria. Foi presidente da Associação de Médicos Residentes do estado do Rio e da Associação Nacional dos Médicos Residentes e diretora do Sindicato dos Médicos. Ex-deputada estadual, foi secretária municipal de Cultura do Rio e de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia de Niterói. Preside a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura. Escolhida entre os melhores parlamentares pelo segundo ano seguido.

Jean Wyllys (Psol-RJ)
Baiano de Alagoinhas, 38 anos, exerce seu primeiro mandato eletivo. Professor universitário e jornalista, tem mestrado em Letras e Linguística. Começou sua militância nas comunidades eclesiais de base da Igreja Católica. É o primeiro parlamentar homossexual assumido a se eleger defendendo a causa LGBT. Em 2005, foi o vencedor do reality show Big Brother Brasil, da TV Globo. Na Câmara, tem se destacado na defesa dos direitos dos homossexuais e na luta contra a homofobia. Entre os melhores parlamentares pelo segundo ano, também é destaque na categoria Parlamentar de Futuro pela segunda vez.

Luiz Couto (PT-PB)
Natural de Soledade (PB), tem 67 anos e está no seu terceiro mandato na Câmara. Padre identificado com a chamada Teologia da Libertação, é professor licenciado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Na Câmara, como relator da CPI dos Grupos de Extermínio no Nordeste, recomendou o indiciamento de cerca de 300 pessoas, entre políticos, juízes, policiais e promotores em 2005. Jurado de morte por grupos de extermínio, circula com proteção especial da Polícia Federal. Indicado entre os melhores parlamentares pelos jornalistas pela segunda vez.

Luiza Erundina (PSB-SP)
Paraibana de Uiraúna, tem 78 anos e está no quarto mandato federal. Graduada em Serviço Social, com mestrado em Ciências Sociais, é professora universitária. Após ser vereadora e deputada estadual, tornou-se a primeira mulher a comandar a prefeitura de São Paulo, em 1989. Sempre pelo PT. Em 1993, licenciou-se do partido para ser ministra da Administração do governo Itamar Franco. Filiada ao PSB desde 1997, é uma das principais defensoras no Congresso da democratização dos meios de comunicação. Incluída entre os melhores parlamentares em todas as edições do Prêmio Congresso em Foco.

Manuela D’Ávila (PCdoB-RS)
Natural de Porto Alegre, tem 31 anos e está no segundo mandato na Câmara. É formada em Jornalismo. Foi vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE).  Chegou à Câmara aos 25 anos de idade, após ter sido vereadora na capital gaúcha. Na Casa, relatou projetos como a Lei dos Estágios, o Estatuto da Juventude e o Vale-Cultura. Presidiu a Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Recebe o Prêmio Congresso em Foco pelo quarto ano consecutivo. Foi considerada a melhor deputada pelos internautas em 2009. Pelo segundo ano, é destaque na categoria Parlamentar de Futuro.

Mara Gabrilli (PSDB-SP)
Paulistana, 45 anos, está no primeiro mandato na Câmara. É publicitária e psicóloga. Foi vereadora e a primeira secretária municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo. É tetraplégica desde 1994, vítima de um acidente automobilístico. Três anos depois, fundou um instituto voltado para pessoas com deficiência que apóia atletas e fomenta pesquisas científicas e projetos culturais. É uma das coordenadoras da Frente Parlamentar Mista de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência no Congresso. Indicada pelos jornalistas entre os melhores parlamentares pelo segundo ano.

Miro Texeira (PDT-RJ)
Carioca, 67 anos, está no décimo mandato na Câmara. Advogado e jornalista, começou sua vida política no antigo MDB. Em 2002, contrariou a orientação do PDT, que apoiava Ciro Gomes, e apoiou a candidatura de Lula à Presidência. Com a decisão do partido de se opor ao governo do petista, deixou o partido e só regressou quando o PDT voltou a fazer parte da base aliada. Foi ministro das Comunicações e líder do governo Lula na Câmara. É titular da CPI do Cachoeira. Recebe o Prêmio Congresso em Foco pela sexta vez. É destaque na Defesa da Democracia e na Defesa da Segurança Jurídica e da Cidadania.

Paulo Teixeira (PT-SP)
Paulista de Águas da Prata, 50 anos, é vice-presidente da CPI do Cachoeira. Está no segundo mandato como deputado federal. Antes, foi vereador em São Paulo e deputado estadual. É formado em Direito pela USP e tem mestrado em Direito Constitucional. Foi subprefeito de São Miguel Paulista na gestão da ex-prefeita Luiza Erundina em São Paulo. Na administração de Marta Suplicy, comandou a secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano e dirigiu a Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab). Foi líder do PT no ano passado. Contemplado com o prêmio pela segunda vez.

Reguffe (PDT-DF)
Carioca, 40 anos, está no primeiro mandato na Câmara. É formado em Economia e Jornalismo. Foi eleito deputado federal com a maior votação proporcional do país (19% dos votos válidos). Assim como fizera na Câmara Legislativa, abriu mão no Congresso dos vencimentos extras ao salário e reduziu o número de assessores em seu gabinete. Foi selecionado entre os melhores parlamentares pelo segundo ano consecutivo. Também pela segunda vez é destaque nas categorias Defesa dos Consumidores e Parlamentar de Futuro.

Rebecca Garcia (PP-AM)
Natural de Manaus, exerce seu segundo mandato na Câmara aos 39 anos. Formada em Economia pela Universidade de Boston, nos Estados Unidos, trabalhou em instituições financeiras e dirigiu o grupo de comunicação da família. Fundou a ONG Maria Bonita, que presta auxílio jurídico a mulheres vítimas de violência e discriminação em Manaus. É a atual vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e uma das coordenadores da Frente Parlamentar em Defesa das Ciclovias. Contemplada pela primeira vez com o Prêmio Congresso em Foco.

Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Natural de Anápolis (GO), 63 anos, está no quinto mandato na Câmara. Médico ortopedista, é especialista em cirurgia da coluna. Fundador da União Democrática Ruralista (UDR), concorreu à Presidência da República em 1989. Na Câmara desde 1990, é um dos principais defensores do agronegócio no Congresso. Presidiu a Comissão de Agricultura e Pecuária e foi relator da Comissão Especial da Reforma Política. Em 2009, liderou a bancada do Democratas na Casa. É vice-líder do partido e secretário da Frente Parlamentar da Agropecuária. Indicado entre os melhores parlamentares pela terceira vez.

Tiririca (PR-SP)
Cearense de Itapipoca, tem 47 anos e exerce seu primeiro mandato eletivo. Humorista, ganhou projeção nacional no final da década de 1990 com a música Florentina de Jesus. Em 2010, tornou-se o primeiro palhaço a se eleger deputado no país, com 1,3 milhão de votos. Foi a maior votação entre todos os 513 parlamentares eleitos e a segunda maior da história. Na Câmara, tem atuação voltada para a defesa dos interesses da atividade circense. É titular da Comissão de Educação e Cultura e da Subcomissão Permanente de Cultura. Indicado pelos jornalistas entre os melhores parlamentares pela primeira vez.

Vicentinho (PT-SP)
Nascido em Santa Cruz (RN), tem 55 anos e está no terceiro mandato federal. Começou a carreira política no movimento sindical. Foi trabalhador rural e minerador. Presidiu o Sindicato dos Metalúrgicos e a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Já adulto, completou seus estudos e formou-se em Direito. Em seu primeiro mandato, presidiu a Comissão Especial da Reforma Trabalhista, que acabou não sendo votada pela Câmara. Em 2011, relatou o projeto que reajustou o salário mínimo e criou uma política de aumento até 2014. É premiado pela segunda vez.

fonte:congressoemfoco

Nenhum comentário: