26 outubro 2012

ARTIGO DA SEMANA.

NAYDE COELHO, A GUERREIRA DO BEM
(Por Rubens Coelho - jornalista - rubensfcoeho@hotmail.com

Peço permissão aos amigos leitores, para falar de uma pessoa muito especial, que, por uma benção divina, foi minha mãe e teve fundamental importância para mim e mais treze irmãos, que viveram sob seus diligentes, imprescindível  cuidados e exemplar convivência.

Sim, porque em sua longa temporada  (99 anos), aqui na terra, nunca fraquejou diante das imensas adversidades enfrentadas. Sempre calma, tranquila, certamente tinha suas aflições, mas nunca transpareciam.

Viúva aos 45 anos, com uma prole de doze filhos legítimos e  uma filha de criação, com a ajuda desta, criou todos com sacrifício, dedicação e acima de tudo, com muito Amor. Assim, conseguiu fazê-los cidadãos, dignos e respeitados.

Não era tão somente a mãe extremosa com a qual os filhos coviveram e aprenderam a amá-la, mas a figura humana extraordinária, afável, amorosa, caridosa que estava sempre disposta a ajudar a quem precisasse do seu auxílio material ou espiritual, quando necessitado do seu ombro amigo e aconselhamento. Eis o que escreveu Dra. Sonyeuda, que foi sua terapeuta ocupacional: ”Quem é Nayde Coelho, foi minha primeira paciente quando cheguei de Portugal. Foi a partir dela que me encantei pela Geatria. Com ela aprendi que a velhice é linda, e que vale a pena. Com ela, só aprendi: a ser mais humana... a olhar com outros olhos para o futuro... Ela era linda, meiga, carinhosa e divertida!!! Foi uma MULHER, impecável invejável... Uma mãe perfeita, uma Avó querida e uma paciente que me encheu de carinhos. Só tenho a agradecer a Deus por esse presente que tive na minha vida profissional e pessoal. Foram 99 anos de idade de pura magia!!! D. Nayde, fique em Paz...Hoje o céu passou a brilhar com mais intensidade com sua chegada!!!Saudades Sempre...E meu Muito Obrigado pela convivência!!!”

“Bem aventurados os puros de coração porque eles verão a Deus (Mateus 5.8)”.  Nayde Coelho foi realmente  bem aventurada, praticou o verdadeiro cristianismo pelo espírito de solidariedade, de caridade e de amor a Deus e as pessoas.

Amanhã, segunda feira, está completando trinta dias de sua ausência, sofremos imensa saudade, mas ao mesmo tempo nos alegramos pela certeza que nossa mãe, avó, bisavó, sogra, irmã, tia e miga Nayde Coelho Figueiredo, estar muito bem lá nos céus gozando a alegria da vida eterna com o Senhor Deus Nosso pai! “E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão (João10.28)”.

Obrigado Deus, obrigado, pela mãe que tu me deste! E nunca a esquecerei!

Nenhum comentário: