18 setembro 2012

EXEMPLO DE CIVILIDADE E DEMOCRACIA EM BARAÚNA/RN.


Acompanhei por várias ruas de Baraúna/RN no dia 15/09/2012 o evento político da Coligação BARAUNA NÃO PODE PARAR, formada pelos partidos: PR, PSB, PSD e PMN, que tem como candidato a Prefeito e Vice-prefeito, ISOARES MARTINS e JOSÉ BEZERRA, respectivamente.

Vi uma lição de civilidade e democracia dos que ali se encontravam; deficientes, crianças, jovens, enfim homens e mulheres de todas as idades. Não presenciei sequer um só incidente, todos sem qualquer exceção demonstravam a alegria de confirmar os nomes dos seus candidatos preferidos para o Executivo e Legislativo, pois, acompanhando o ritmo das musicas, dançando, cada um confirmava a sua intenção e demonstrava alegria de participar do processo.

ERA O POVO.  Simplesmente o povo estava nas ruas, sem exigências, queriam apenas confirmar a intenção de seus votos durante todo o percurso. Estavam em todas as esquinas, nas áreas, nas calçadas, debaixo das arvores, nos primeiros andares, foi um momento impar, todos de mãos dadas.  Era uma alegria só.
A lição de democracia foi tanta que presenciei o povo ao final da festa com a ajuda de membros do judiciário, comandado pelo juiz eleitoral, organizar a passeata, garantido o livre exercício de ir e vir daqueles que não estavam na festa popular vivenciado naquele momento.

Naquele momento não houve petições ou representações, simplesmente o povo entendeu a necessidade de organização e espontaneamente, sem reunião prévia, acompanhou o juiz eleitoral e a quatro mãos garantiram a passeada, enfim, todos tinham um objetivo comum: o exercício da democracia externada pelos que ali estavam.

Era a sintonia perfeito para o exercício da democracia, o judiciário e povo juntos de mãos dadas, numa linguagem só.

Não houve incidentes. No entanto, após o evento, todos comentaram uma falha, não do povo e muito menos do judiciário e sim da ausência de reforço policial, obrigação do Comando da Policia Militar em Mossoró/RN, inclusive com compromisso e assumido em reunião perante a justiça, onde ali estava representada pelo Juiz e pelo Ministério Público e as coligações.

Lamentável a omissão do Comando da PM de Mossoró/RN. A garantia da segurança é uma obrigação constitucional. A ausência não é justificável diante dos investimentos do atual governo, resta apenas os responsáveis cumprirem com as suas obrigações e está na hora de se fazer jus aos salários recebidos. Segurança não é favor é obrigação, é um direito do povo.

Assim, graças a Deus e ao comportamento dos que ali estavam tudo ocorreu dentro da normalidade e diante do espírito pacifico do povo de Baraúna/RN, somado a disposição do judiciário, a festa democrática haverá de ser renovada em outras oportunidades com todos juntos e numa mesma linguagem e irmanados, pois, o processo eleitoral passa e as pessoas continuam. È o que acreditamos.

Parabéns aos organizadores, ao povo, ao judiciário. Como escutei em outras oportunidades: É SÓ ALEGRIA. VIVA A DEMOCRACIA.

Posso dizer sem medo de errar que presenciei um “EXEMPLO DE CIVILIDADE E DEMOCRACIA EM BARAUNA”



Por Félix Gomes Neto - 
Advogado - felixgomesneto@yahoo.com.br

Nenhum comentário: