24 maio 2012

POBRE RIO GRANDE DO NORTE.

"O ARTISTA POTIGUAR É MUITO DESVALORIZADO PELO GOVERNO DO ESTADO", DIZ O CANTOR, COMPOSITOR E PRODUTOR CULTURAL POTIGUAR FERNANDO LUIZ.

Fernando Luiz - um potiguar de talento (foto Canindé Soares)
O cantor, compositor e produtor Fernando Luiz (foto), com 40 anos de carreira e 17 discos gravados, disse, em entrevista ao Jornal 96, Natal, que o Governo do Estado não dá a devida assistência aos artistas potiguares

Para Fernando Luiz, “Muitos passam por dificuldades, enfrentam o preconceito, o descaso público e a falta de interesse das autoridades. Temos que matar um leão e uma leoa por dia”.

A gente tem que procurar alguma forma para que o Governo olhe para nós”, sugeriu. 

Ele afirmou que muitos artistas têm que sair do estado para poder ser reconhecido, por conta dessa falta de interesse com pessoas ligadas a arte.

O diferencial de outros estados, como a Paraíba, Ceará, Pernambuco e Bahia, porque os artistas são respeitados. Se os potiguares recebessem os melhores cachês e esses fossem pagos em dia, estes teriam a mesma repercussão”, disse.

Por causa dessa desvalorização, Fernando Luiz começou a investir na sua carreira de produtor cultural, através do projeto “Talento Potiguar”, no qual ele divulga diversos artistas espalhados na cidade do Natal. O cantor disse que por reconhecer que construir uma carreira é difícil, ele tenta ajudar pessoas que querem ser reconhecidas pela arte.

O artista também promove diversos shows nas comunidades e negou que a intenção seja política. “Quando a gente promove essas apresentações, os moradores realmente querem ver e conhecer os artistas da terra”, respondeu. 

Nesta quinta-feira (24), ele está lançando a sua biografiaVida de Artista”, às 19h30, na livraria Nobel da Avenida Salgado Filho. O livro conta a trajetória do cantor e demorou três anos a ficar pronto. “É um livro importante porque registra não só a minha história, mas a de outros artistas que passaram nessa mesma situação”, disse o cantor. 

Sua carreira começou em 1972, como vocalista do conjunto Os Apaches. No ano seguinte foi para o Rio de Janeiro e participou do programa do Chacrinha, na TV Tupi. 

Em 1980, ele volta para Natal. 

Em 1984, lançou o LP Vou Voltar P'ro Meu Amor (1984) que tem a música ‘Garotinha’, maior sucesso do cantor. 

Além do lançamento da biografia, o cantor vai lançar a revista ‘Talento Potiguar’, que terá distribuição gratuita e servirá como guia cultural.



fonte:nominuto.com

Nenhum comentário: