28 maio 2012

GREVE NA UERN: JUSTIÇA NEGA LIMINAR AO GOVERNO DO ESTADO E MARCA AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO.

Nesta terça-feira (29), às 10h, a desembargadora em substituição Sulamita Pacheco vai realizar uma audiência de conciliação entre os representantes do Estado e dos professores da Universidade Estadual do RN (UERN).

O procurador geral do Estado, Miguel Josino, requereu a concessão da antecipação de tutela para determinar a suspensão do movimento paredista iniciado no mês de maio de 2012 e impor o imediato retorno ao trabalho de todos os professores e servidores da UERN.

Antes de apreciar o pedido de liminar, nos autos do processo n° 2012.007272-3, a desembargadora entendeu pela necessidade de tentar uma conciliação entre as partes. 

Tenho boas perspectivas que as partes tragam propostas razoáveis para que se possa ultimar a lide”, disse Sulamita Pacheco.

A audiência será no gabinete do desembargador Amaury Moura Sobrinho, a quem a magistrada substitui legalmente, às 10h desta terça-feira (29).







fonte:tjrn

Nenhum comentário: