25 fevereiro 2012

GOVERNO DO RN FARÁ INVESTIMENTOS EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE.

.ex-
Jaime Calado, Josué (coteminas) e Rosalba  (foto: site gov RN)
A exemplo dos ex-governantes do velho e bravio RN, a governadora Rosalba Ciarlini, parece mesmo decidida a dispensar tratamento diferenciado entre a "Grande Natal" e o resto do estado. É bem provável que, quando concluir o seu governo, Mossoró não seja mais detentora da condição de segunda maior cidade do RN. Parnamirim cresce a passos largos e já ameaça, por exemplo, ultrapassar Mossoró no item referente à arrecadação de ICMS.

Neste passo, uma notícia acerca do que se afirma acima: um complexo imobiliário sustentável, incluindo conjuntos comerciais e residências para mais de 12 mil pessoas, shopping center com cerca de 40 mil metros quadrados de área locável, hotel com 270 apartamentos, centros empresarial e de convenções, teatro e escola de Ensino Fundamental e Médio, será construído no município de São Gonçalo do Amarante (RN). 

Com investimento da ordem de R$ 1 bilhão, o empreendimento Horizontes do Potengi foi apresentado na tarde desta sexta-feira (24), na Governadoria, pelo presidente do Grupo COTEMINAS, Josué Christiano Gomes da Silva (filho do saudoso José Alencar), à governadora Rosalba Ciarlini e ao prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado. Antes da apresentação do projeto as autoridades e imprensa no auditório da governadoria, houve uma reunião preliminar envolvendo os senadores Paulo Davim e José Agripino, o ministro Garibaldi Filho, a governadora Rosalba, o prefeito Jaime Calado e outras lideranças políticas do RN.

O empreendimento será distribuído em terreno de 885 mil metros quadrados, localizado na Avenida Tomaz Landim, que divide São Gonçalo da zona norte de Natal, com área construída de 522 mil metros quadrado, e oferecerá amplos espaços não edificados para preservação ambiental, lazer e esportes, propiciando vida de boa qualidade aos moradores, trabalhadores do comércio e empresas de prestação de serviços, além das cerca de 45 mil pessoas que, pelo estimado, constituirão o fluxo diário do conjunto.

Alinhado com o novo aeroporto internacional, o investimento contribuirá de modo significativo para o desenvolvimento de São Gonçalo do Amarante, com reflexos socioeconômicos na Região Metropolitana de Natal e no Estado do Rio Grande do Norte.

Serão criados mais de cinco mil empregos na fase de obras e aproximadamente seis mil após a implantação.


Nenhum comentário: