05 dezembro 2011

ARTIGO: AS CENTRAIS SEM CIDADANIA.

.
AS CENTRAIS SEM CIDADANIA.
(Por Crispiniano Neto - poeta, cantador , escritor, advogado, engenheiro agrônomo, jornalista e membro do diretório do PT de Mossoró, RN)
.
Recebi e-mais dando conta de que as unidades da Central do Cidadão estão registrando baixa no contingente de pessoal na ordem de 20%, tudo por conta de não pagamento das gratificações que é verba funcional da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SEJUC). 
.
Desde que a governadora Rosalba Ciarlini assumiu, nunca se pronunciou sobre a liberação desta verba. O leitor que nos escreve pergunta: será que estão arrumando uns "meios" para justificar o fechamento geral? Em Mossoró são notórias várias salas fechadas e algumas abertas até o meio-dia, no caso a sala 12. No piso superior, precisamente onde já funcionou o banco, espremem-se dois servidores com um bocado de cadeiras quebradas. Um amigo que trabalha na central do cidadão informou que teve um pessoal de Natal dizendo que eles não esperem nada mais do governo porque nem eles sabem se a gratificação que os funcionários têm direito não vem mais. 
.
Afirma o leitor que lá se encontra grande imundície, faltando tudo, o lixo dando no meio da canela e sem material para trabalhar. Estive na Central do Cidadão de Mossoró e constatei tudo que o leitor está dizendo. Ressaltando, porém, a dedicação dos servidores ali lotados, mesmo sabendo-se que estão sendo tratados a pão e água. 
.
A governadora prometeu salvar a Central do Cidadão e a Rodoviária Diran Ramos do Amaral, levando a central para lá depois de uma reforma à altura dos dois órgãos. Um ano está se passando em brancas nuvens. 
.
É a Rosa... Sem cor, sem perfume, sem rosa, sem nada. Só espinhos!
.

Nenhum comentário: