16 novembro 2011

CÂMARA FEDERAL PREPARA NOVO AUMENTO PARA SEUS SERVIDORES.

.
Um ano e meio depois de obterem um aumento de até 40%, os 15.068 servidores da Câmara podem conseguir outro, desta vez de até 39%. A negociação não está fechada, porque os deputados acertam detalhes com o sindicato da categoria, que inclui o pagamento de uma dívida de gratificações pendentes desde janeiro deste ano.

Só o novo plano de carreira custará R$ 207 milhões por ano, cerca de 7% a mais na folha de pagamento da bravia Câmara dos Deputados. E mais: a diferença nas gratificações de representação (GR) soma um débito de aproximadamente R$ 300 milhões.

A “justificativa” para um novo aumento é que o anterior não deu certo e que, ainda assim, a atual proposta não equipara os rendimentos na Câmara aos do Senado.

Para o deputado Paulinhoda Força (PDT-SP), Relator do Projeto de Lei 2167/11, que trata da matéria, o aumento mínimo será de 20% e o máximo, de 39%. Ele informa que os maiores salários terão os menores reajustes.

O plano aprovado no ano passado elevou os rendimentos de nível superior para até R$ 17 mil.

Com os 20% anunciados por Paulinho, esse salários devem chegar a R$ 20.400 por mês.
.
.
CONGRESSOEMFOCO
.

Nenhum comentário: