28 março 2011

CASO BLOG PAULO DOIDO: JORNALISTA ENCAMINHA NOTA DE ESCLARECIMENTO.

.
"Caro amigo,

Não me importa o juízo de algumas pessoas sobre mim, pessoas cuja falta de caráter já é conhecida de todos. Importo-me com meus amigos, a quem zelo pela preciosa amizade e consideração. Por isso que escrevo neste momento a você a quem considero amigo, a quem gostaria de levar este esclarecimento.

Acima de tudo o verdadeiro juízo que me importa é o de Deus, a quem nada escapa. Debaixo de Tua palavra santa guardo forças para caminhar em mansidão, com paciência e movido pela esperança da Justiça.

Você já se perguntou por que nesta desproporcional campanha de execração pública sobre o blog do Paulo Doido promovida pelos órgãos de comunicação do vereador Lairinho Rosado (O Mossoroense, FM 93 e TV Mossoró), nunca, jamais, eles disseram quais eram as horríveis e odientas ofensas do referido Blog a eles?

Falaram em ataques a criancinhas, idosos, famílias de bem, mas, nunca, nunca mesmo publicaram uma linha sobre o que de tão grave teria sido dito pelo blog.

Após ter meu nome citado e de ter sido acusado de ser um bandido, um criminoso, de ter minha foto publicada em jornal e mostrada na televisão como integrante de uma quadrilha , solicitei a um advogado para em meu nome buscar o processo no Fórum Municipal e iniciar minha defesa.

E acredito que minha maior defesa neste momento, é justamente dar conhecimento as pessoas sobre as postagens que foram citadas nominalmente por Lairinho Rosado e Sandra Rosado na ação cautelar que movem na Justiça contra o blog do Paulo Doido. Eles apresentaram em juízo 12 postagens feitas no extinto blog, que, segundo eles, representam um verdadeiro crime hediondo contra criancinhas e idosos.

Peço que analisem com cuidado os textos. Estão transcritos integralmente conforme consta no processo. Vejam se estas publicações seriam algo tão assombroso assim, suficientes para alguém ter sua foto publicada na televisão e chamado de bandido e de membro de quadrilha.

Quem acompanha revistas, jornais e blogs em Mossoró sabe que muito pior já foi feito por quem hoje se veste de arauto da justiça e da honra. Tivemos revista que publicou na capa reportagem sobre uma “Prefeita Ninfeta”, tivemos blog sugerindo fuzilamento público das autoridades municipais ou publicando todo tipo de impropérios contra as mesmas e chamando a própria prefeita de Ana Bolena (personagem da história inglesa conhecida pelo adultério e incesto), pra não falar de coisas maios graves.

Não peço seu julgamento a meu favor, estou cuidando apenas para que você seja informado corretamente e não fique a mercê de um circo armado claramente com o objetivo de criar discurso político.

Peço sua parcimônia para que não julgue precipitadamente e aguarde que a Justiça se pronuncie. Responderei em juízo, assim como acionarei a Justiça, convicto que a verdade vai prevalecer e o circo será desmontado.

Finalizando, gostaria apenas de informar que nas 12 postagens do Blog do Paulo Doido, listadas por Lairinho e Sandra na ação cautelar como sendo causadoras de danos às suas imagens, conforme os dados disponíveis com IP e horário de postagem, fazendo o cruzamento dos dados, nenhuma das postagens foi gerado por computador ou IP ligados a mim. Isso já está nos autos.

Grande abraço

Neto Queiroz"
.
.

3 comentários:

daniel disse...

Hora nenhuma Neto Queiroz afirma não fazer parte dessa palhaçada.Tenta justificar o injustificável. Em uqalquer cidade séria ele ja teria sido demito por justa causa.

Herbert Mota disse...

Caro Daniel, creio que a questão vai muito além de nossas análises pessoais. Eu, particularmente, abomino terminantemente o anomimato e, no caso do apócrifo blog 'paulo doido', creio que a sua existência (criação) que já encontra-se sob o crivo do Judiciário, haverá de emergir brevemente. No caso da correspondência encaminhada pelo jornalista Neto Queiroz, especificamente, como sou um defensor do "princípio da presunção de inocência", este espaço está e continuará aberto, à exceção do anonimato. Obrigado pelo comentário.

Rui Nascimento disse...

Não consigo entender o(s) motivo(s) que levaram os "doidos" (não sei quem) a se esconderem atrás de pseudônimos, se os que hoje o defendem, entendem que tudo que os "doidos" (não sei quem) escreveram era verdade. Por que, então, não deram a cara pra bater? Acessei poucas vezes o dito Blog, e o fiz por curiosidade, uma vez que não se falava em outra coisa à época, mas logo que percebi os achincalhes, ofensas e desrespeito com algumas pessoas, deixei de acessá-lo, pois entendo que a verdade, seja ela qual for, cabe em qualquer lugar e sempre será bem recebida, desde que dita às claras, daí o motivo de ser reprovável a atitude covarde de se utilizar do anonimato para criticar quem quer que seja.
O que enoja nisso tudo é o nível a que chegou o debate sobre tal excrescência nesta "província". Enquanto saúde e educação afundam a cada dia e a (in)segurança pública assombra a população diuturnamente, parte da imprensa e de políticos descem a níveis inimagináveis de mediocridade e desrespeito à sociedade, com tão menos irrelevante polêmica, levando em consideração os gravíssimos problemas acima citados.
Não sei até que ponto vai o envolvimento de pessoas como os jornalistas Pedro Carlos e Neto Queiróz neste triste e lamentável episódio "PD". Só acho que os mesmos, inteligentes, capacitados e bem relacionados como são, não precisariam ter seus nomes envolvidos nessa sujeira. A se confirmar o envolvimento dos dois, os mesmos não serão dignos de respeito da sociedade. Do contrário, se provarem inocência, os que os acusam, devem ser punidos na forma da lei. Não entendo nada de Direito, mas ouço falar que todo homem é inocente até provem contrário. Mas que há uma nuvem negra pairando sobre muitas cabeças, isso há.