28 setembro 2010

ROSALBA DEIXARÁ O DEM APÓS AS ELEIÇÕES?

.
Para a jornalista Thaisa Galvão, em matéria postada no seu prestigiado blog, "Rosalba fora do DEM é história pra boi dormir."
.
Ela refere-se à uma nota inserida na coluna painel, da Folha de São Paulo, edição de hoje, onde consta que Rosalba, enquanto favorita para vencer as eleições, dificilmente permanecerá no DEM depois de eleita, e mais: sua campanha, por ter transbordado os limites do partido, a levaria a emergir das urnas maior que o 'padrinho' José Agripino Maia.
.
Nem uma coisa, nem outra; ou, se me permitem, as duas. Pode?
.
Do ponto de vista político/partidário propriamente dito, faz-se necessário que a candidata Rosalba, consiga vencer as eleições já no primeiro turno, hipótese que pode não se concretizar; já no que se refere à motivação enquanto vetor à mudança de legenda, portanto a inserir-se no contexto da lei, dependerá da acomodação dos blocos (oposição e situação) no novo parlamento, que, ao fim e ao cabo, dará o norte à permanência (ou não) de Rosalba no DEM. 
.
.
.

Nenhum comentário: