26 julho 2010

ELEIÇÕES 2010: VAREJO COMO TÔNICA.

.
As eleições deste ano serão algo realmente sem precedentes.

Um político sem mandato é como uma sereia sem (en)canto: nada atrai. Foi exatamente esse o ‘lamento’ que ouvi de um ex-vereador de Mossoró, pasmem web leitores, por não conseguir fechar seu ‘apoio’ para as candidaturas majoritárias e proporcionais às eleições deste ano.

A sua preocupação, de cunho meramente financeiro, será inevitavelmente açambarcada pelo alto custo do processo eleitoral em curso, notadamente as campanhas proporcionais, realizadas, via de regra, na base do toma lá dá cá.

Neste aspecto, não seria imprudência alguma dizer que a campanha deste ano terá o varejo como tônica.
.
Conscientes das regras do jogo, determinadas à margem da lei e da razão, o preço que cada candidato pagará para receber apoios, será cobrado com juros e correção.
.
.
.

Nenhum comentário: