30 junho 2010

PREOCUPADOS COM A CRISE COM OS TUCANOS, DEMOCRATAS REALIZAM SUA CONVENÇÃO NACIONAL.

.
Dep Federal Rodrigo Maia - Presidente do DEM nacional (foto WEB)
.
Tendo como local o Hotel Gran Bittar, em Brasília, o DEM (Democratas) realiza sua convenção nacional hoje em meio a uma crise com o PSDB envolvendo a indicação do nome que integrará a chapa do presidenciável José Serra (PSDB) na condição de vice. As desavenças começaram quando a cúpula tucana indicou o nome do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) para o posto. Os democratas, principais aliados do PSDB, sentiram-se desprestigiados por não terem sequer sido consultados sobre a indicação.

Os democratas têm 56 Deputados Federais; 14 Senadores; 1.201,062 filiados e nenhum Governador.

A situação do DEM a nível nacional não é o que pode ser considerada como das melhores. Em visível declínio em relação ao pleito de 2006, para as eleições deste ano, além das candidaturas já lançadas, Rosalba Ciarlini (RN), Paulo Souto (BA) e Raimundo Colomto (SC), o DEM formalizará, ainda, as candidaturas de Alberto Fraga (DF) e de João Alves (SE). E, só.

NOTA: na realidade, indicando ou não o vice de José Serra (PSDB), o DEM não renunciará o apoio à candidatura do tucano, principalmente porque a candidata do PT Dilma Rouseff tomou a dianteira nas pesquisas de intenção de voto. Segundo pesquisa do Vox Poppuli divulgada ontem a noite, Dilma tem 40% (quarenta por cento) e Serra 35% (trinta e cinco por cento).
.
.
.

Nenhum comentário: