28 maio 2010

PERSEGUIÇÕES AO BLOG DE CARLOS SANTOS REPERCUTEM NACIONALMENTE.

.

Jornalista Luiz Nassif

..
O colunista Luiz Nassif (foto) poderá ser o próximo alvo da “indústria” de ações idealizada pela administração do município de Mossoró. É que ele, desavisadamente, reproduziu (como faço agora) artigo do jornalista/blogueiro Carlos Santos, de Mossoró (RN), que tem sido alvo de perseguição por parte da prefeita Fátima Rosado (DEM), prima do senador José Agripino (DEM).
.
Neste aspecto, eu, Tio Colorau, Carlos Escóssia, Evânio Araújo... estariamos na mira dos incautos palacianos. Será?!
.
Devidamente exposto no artigo de Carlos Santos (veja abaixo), o número de processos, que já chega a 20 (vinte), somados às interpelações judiciais, igualmente em curso, representam, ao fim e ao cabo, nada mais nada menos que a consubstanciação do excêntrico modus faciendi com o modus vivendi dos incautos palacianos, numa clara demonstração de serem (até prova em contrário)terminantemente contra a liberdade de expressão, o contraditório, o jornalismo que pensa (e argumenta) de maneira diferente.
.
.
O ARTIGO DE CARLOS SANTOS
.
"- Carlos Santos, sou eu! É Mário!
A voz educada e já bastante conhecida à minha porta, é do oficial de Justiça Mário Hélio. Claro que traz mais uma citação judicial da patota.

São quase 20 ações contra este jornalista-blogueiro, do primeiro lote encomendado ao novo escritório de advocacia local. Tudo negociado há quase três meses. Foram dez em apenas um dia (7 de maio último).
Bem, o conteúdo da petição inicial é igualzinho aos demais: A prefeita de direito, Fátima Rosado (DEM), ao lado do mano, chefe de Gabinete e prefeito de fato Gustavo Rosado (DEM), queixa-se de “danos morais” e “danos psíquicos”.

Os dois pleiteiam em juízo o recebimento de R$ 20 mil, cada um. Subjetivamente dizem que com essa pecúnia podem suprir as lacunas que teriam sido provocadas por texto específico desta página. Estariam constrangidos e tantã, assim se entende.

A postagem “Servidora da Saúde sofre perseguição; outros são alvo” (Veja AQUI) é a base da demanda. Uma matéria em que expus no dia 5 de janeiro deste ano, caso de uma servidora do setor, que por ter participado de movimento pelo não-fechamento da Unidade Básica de Saúde do Abolição II, estaria sendo perseguida.

Os manos não querem qualquer notícia, insinuação ou opinião que os desagradem e manifestem a realidade das ruas e das entranhas do poder.

Acreditam que com processos em massa possam finalmente fechar o Blog e a boca – enorme – do blogueiro-jornalista.

Nota do Blog – Sinto decepcioná-los. O Blog tem como slogan a frase “jornalismo com opinião”. Continuará assim, porque pensa e é plural, ofertando espaço para os que pensam diferente e não são apenas maria-vai-com-as-outras.

Sei que incomodo e a carrada de processos é a prova de que me escutam, porque penso.

Esta página muda e, com prazer, à medida que ofereçam à gestão pública um modelo político-administrativo eficiente, isonômico, democrático e de respeito a tudo e a todos. Só isso.

Entretanto não creio que vocês tenham capacidade para tanto. Falta-lhes essência. Não se faz uma gemada sem ovos.

E a estratégia surrada de tentar sufocar-me pela quantidade de processos, simplesmente fracassou. Estou apto a me defender no varejo e atacado. Em alto nível. "

Fontes:



.
.
.
RECONHECIMENTO GERA RECINHECIMENTO

.
"Nassif, bom-dia. Obrigado pela repercussão da postagem que trata da campanha odiosa que se promove contra mim. Não sou vítima, mártir ou heroi. Sou parte minúscula de um elenco de pessoas que pensa e por isso é punida. No Rio Grande do Norte, o assunto é praticamente ignorado pela mídia convencional e uma pequena parte da imprensa alternativa é que reage. Sua voz faz eco e “fura” essa parede de medo e conivência. A caçada que se promove contra mim é, na verdade, atentado à liberdade de expressão-imprensa, primado de qualquer povo que se propõe a ser livre. Obrigado. Carlos Santos"
.

QUEM É LUIZ NASSIF?

Introdutor do jornalismo de serviços e do jornalismo eletrônico no país. Vencedor do Prêmio de Melhor Jornalista de Economia da Imprensa Escrita do site Comunique-se em 2003, 2005 e 2008, em eleição direta da categoria. Prêmio iBest de Melhor Blog de Política, em eleição popular e da Academia iBest.
.
..
BLOG DO TIO COLORAU:
.
" PROCESSOS CONTRA CARLOS SANTOS JÁ SÃO ASSUNTO NACIONAL.
.
O portal Vermelho (clique aqui) e o blog de Luís Nassif (
clique aqui), ambos de repercussão nacional, destacaram a série de ações judiciais protocoladas em desfavor do blogueiro Carlos Santos.

Em ambas as matérias, frisou-se que a prefeita é do DEM e que é prima do senador José Agripino, o que é natural, vez que os dois espaços defendem a ideologia petista.

O que vale destacar, no entanto, é que nossa Mossoró passa a ser vista alhures como uma terra onde ainda há resquícios coronelistas.

Onde a imprensa, em sua maioria, é bem AMARRADA aos interesses do executivo municipal.

Aqui nesta terra dos monxorós, criticar a administração municipal é um pecado mortal. Quem se atreve a fazê-lo é perseguido, vilipendiado, ameaçado, difamado, injuriado e caluniado pelos jornalistas-capangas pagos pela prefeitura.
"
.
.
NOTA DO BLOG DO HERBERT: como é do conhecimento de todos os que acessam este pretenso blog, recentemente fui acionado judicialmente por um grupo seleto e integrante da hoste do Palácio da Resistência (Gustavo Rosado-Chefe de Gabinete da Prefeita; Francisco Carlos-Secretário da Cidadania; Nogushi Rosado-Controlador do Município, Canindé Maia-Secretário de Administraçao e Leonardo Nogueira-Deputado Estadual), muito embora tenha o caso sido arquivado em 8 de abril transposto.
.
Particularmente, tenho absolutamente nada contra os atuais ocupantes do Palácio da Resistência. Agora, é preciso que se entenda (de uma vez por todas) que o que não se pode conceber como normal, principalmente o Poder Judiciário, é a banalização do uso da prestação da Tutela Jurisdicional do Estado, como temos presenciado, tentando, assim, impor uma espécie de 'mordaça' a todos aqueles que formulam críticas à Administração do Município de Mossoró.
.
Prudente mesmo, me permitam, seria uma 'luta', no campo do debate, onde cada um, utilizando-se do poder de convencimento (como expressão maior), ocuparia o espaço merecido. Mas, assim seria querer demais. Como diria o jornalista/blogueiro Thurbay Rodrigues: NÉ NÃO?!
.
.
..

Um comentário:

Anônimo disse...

Dito! E "é isso!" Como assim o diz carlos santos.

Gilmar Silva