30 abril 2010

STJ DETERMINA FIM DA PATENTE DO VIAGRA.

.
A versão genérica do Viagra, medicamento que combate a disfunção erétil, pode custar até 40% menos do que o original. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem (28/04) não estender o prazo de validade da patente do remédio.
.
Quatro laboratórios farmacêuticos já demonstraram interesse em produzir a versão genérica do medicamento, o que tendencia para uma grande concorrência que proporcionará, por conseguinte, uma queda no preço, beneficiando o consumidor brasileiro. Por quê? O preço do genérico do Viagra deve ficar em torno de R$ 30. Uma caixa do Viagra, fabricado pela multinacional farmacêutica Pfizer, custa cerca de R$ 60.
.
A Pfizer, detentora da patente, declarou que acata a decisão do STJ, mas discorda da decisão do tribunal por acreditar que o prazo de validade da patente é uma forma de garantir o retorno do investimento realizado para o desenvolvimento do produto em questão e de outros em estudo.
.
O laboratório poderá continuar produzindo o Viagra com o nome original, de acordo com a determinação do STJ.
(Fonte: jusbrasil)

.

Nenhum comentário: