12 abril 2010

DESCANSE EM PAZ, PAI! (POR ERASMO CARLOS FIRMINO - TIO COLORAU)

.
.
Seria muito bom se nossos familiares vivessem eternamente, mas a Lei Natural não permite tal riqueza.

É difícil aceitar a perda de um parente, mas temos que fazê-lo. Infelizmente.

Agora há pouco recebi a notícia do falecimento do meu pai, que há muito tempo vivia com outra família, mas que tinha comigo um relacionamento de mútuo respeito, fruto dos anos em que compartilhei o mesmo teto com ele.

Sentirei sua ausência, velho.

Odemiro Firmino de Oliveira - Miro (foto) nasceu em 21 de janeiro de 1941 e faleceu hoje, 12 de abril de 2010, de causas naturais. Enquanto viveu em Mossoró, mantinha a loja e oficina de automóveis Recomiro, no bairro Paraíba. Ultimamente residia em Baraúna.

O velório será a partir das 8h30, na Capela do Hospital Duarte Filho, e o sepultamento será as 16h30, no Cemitério São Sebastião.
.
.
.

Nenhum comentário: