24 março 2010

DIGA AOS BACURAUS QUE FICO.

.

Senador Garibaldi Alves Filho - Foto WEB

A nota divulgada pelo Senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), não retrata apenas a sua condição de liderado do deputado federal Henrique Alves (PMDB). Não. Longe de traduzir-se em ato de humildade, ao contrário, ela é a consumação do inafastável preço que o senador terá que pagar no processo eleitoral desse ano, principalmente pela difícil missão, em causa própria, de manter a sua cadeira no Congresso Nacional.

.
"Construí toda a minha vida pública sempre ao lado do Deputado Henrique Eduardo Alves. Esta estreita ligação com Henrique não é só firmada em laços de família e recíproca amizade: ela cresceu na convergência de ideais.

Quando iniciávamos os entendimentos para as próximas eleições, este ano, Henrique Eduardo compreendeu minha posição, com ela concordou generosamente, nada obstante ele tenha pensamento diferente em alguns pontos. A ele sou grato por isso: pelo permanente incentivo à minha candidatura e seu obstinado propósito de torná-la efetivamente a prioridade do PMDB.

Não fossem os conhecidos obstáculos legais a um livre arco de coligações, creio ser preciso dar nitidez política a nossas posições, sem dubiedades que possam atingir o nosso comum patrimônio político. A reeleição de Henrique Eduardo é também absoluta prioridade do PMDB.

E é igualmente prioridade minha. Neste momento, penso dever interpretar o pensamento de todos os que são meus aliados no atual processo eleitoral para convidar Henrique Eduardo a conduzir o PMDB e desta forma firmar ampla coligação conosco, nas eleições proporcionais e majoritárias.

Isto dará transparência à nossa ação, resguardará todos os interesses envolvidos e preservará o grande PMDB que Henrique, comigo e demais companheiros, soubemos construir. Nas atuais circunstâncias, a formalização desta ampla coligação certamente não implicará que eu ou Henrique Eduardo devamos recuar de nossas posições já tornadas públicas.

Essa será a forma pela qual, sem amarras artificiais, cada um de nós vai poder apresentar-se ao eleitorado sem subterfúgios, esperando dos norte-rio-grandenses seu julgamento soberano
."

Garibaldi Filho
.
.

Nenhum comentário: