05 fevereiro 2010

- TJRN É DESTAQUE EM RELATÓRIO DO CNJ.

.
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte é destaque no último relatório publicado pelo Conselho Nacional de Justiça. O relatório faz parte do sistema denominado “Justiça em Números” que tem como objetivo a ampliação do processo de conhecimento do Poder Judiciário por meio da coleta e da sistematização de dados estatísticos e do cálculo de indicadores, capazes de retratarem o desempenho dos tribunais.

Em 2008, dos 27 tribunais da Federação, o TJRN foi o terceiro que menos gastou com o pagamento de pessoal, além de ter sido o quarto que mais investiu em informatização. Em relação ao número de computadores por servidor, o Judiciário Potiguar ocupa o 13º lugar no ranking nacional.

A taxa de congestionamento do Judiciário potiguar, que é a quantidade de processos pendentes de decisões, é uma das menores do país. No âmbito do 2º grau, o TJRN está em terceiro lugar, e no 1º grau a colocação é a 13º. As Turmas Recursais do Rio Grande do Norte não possuem processos pendentes para julgamento. Já os Juizados Especiais ocupam a segunda posição em menor índice de congestionamento do país.

O relatório “Justiça em Números” é publicado, anualmente, além de ser enviado ao Congresso Nacional como parte do Relatório Anual do Conselho Nacional de Justiça. Os dados referentes ao ano de 2009 serão enviados por todos os tribunais do Brasil ao CNJ até o final de fevereiro e a expectativa é que com a Meta 2 os resultados sejam ainda melhores, já que o Judiciário Potiguar está em 5º lugar em relação ao cumprimento da Meta e em 1º lugar no Nordeste.
(Fonte: TJRN)
.
.
.

Nenhum comentário: