02 fevereiro 2010

- ROBINSON FARIA TEM O DIREITO DE SONHAR.

.
O advogado Robinson Mesquita de Faria, com seis mandatos de deputado estadual (1986/1990/1994/1998/2002/2006) e exercendo o quarto mandato no cargo executivo de presidente da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte (2003/2004; 2005/2006; 2007/2008; 2009/2010), está preparado para ser candidato ao cargo de Governador? Sim. Mas, a sua trajetória política por si só não o credencia, do ponto de vista conjuntural, para assegurar a sua pretensão, ao menos no quadro atual da política potiguar.

Sem uma umbilical vinculação a um dos três grupos políticos atualmente com poder de mando na demarcada política potiguar, não teve (nem terá) como dar azo à sua pretensão de ser um dos postulantes ao governo do estado. Se por um lado a sua desenvoltura no âmbito da política legislativa, é certo, o credenciou para os quatro mandatos consecutivos de presidente da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, por outro, não conseguiu, em razão disso, direcionar a sua atuação para a concretização de seu sonho de disputar o cargo de governador nas eleições deste ano.

Sem desenvolver uma política rasteira, o deputado Robinson Faria, consciente do peso que representa numa disputa a nível estadual, tomou uma posição que poderá credenciá-lo para vôos mais altos no futuro, porém incertos. É que na qualidade de novo aliado do Partido dos Democratas (DEM), chegando para disputar o cargo de vice governador na chapa encabeçada pela senadora Rosalba Ciarlini, passará à condição (sine qua non) de liderado do senador José Agripino Maia, que disputará a reeleição.

Buscando garantir a reeleição de seu filho, deputado federal Fábio Faria e de quatro ou cinco deputados estaduais a ele vinculados, o que é fato é que o deputado Robinson Faria, plenamente consciente do risco que corre, abre mão de sua reeleição praticamente certa e, de quebra, arrisca todas as suas fichas numa vitória majoritária que, dependendo do espaço que ele possa via a ocupar no novo governo, poderá habilitá-lo para disputar, a curtíssimo prazo, a prefeitura de Natal, já em 2012, ou, a médio prazo, o senado nas eleições de 2014.
.
Herbert Mota
.
.
.

2 comentários:

Anônimo disse...

Meu caro Hebert, concordo com o seu ponto de vista sobre a posiçao do deputado Robinson FAria. Mas, me permita discordar no quesito vitória da chapa majoritaria, ja que Ibere é uma verdadeira raposa e nunca entra em disputa pra perder.

gilberto de sousa disse...

Boa análise, meu caro Herbert. Em meio as conjecturas, não deixa de fazer sentido. Abs.

Gilberto