21 dezembro 2009

-AMARN ENTREGA PRÊMIO DE JORNALISMO 2009.

.
A Associação de Magistrados do RN – AMARN, promoveu, na tarde da última sexta-feira (18/12), dentro do I Encontro de Prestação de Contas da Magistratura Potiguar, ocorrido no Auditório do Tribunal de Justiça, a solenidade de premiação dos jornalistas que participaram do prêmio AMARN de Jornalismo 2009.
.
O concurso visa premiar o melhor trabalho de cobertura jornalística do judiciário e valoriza o jornalismo profissional e busca estabelecer novos parâmetros na cobertura jornalística.

Os jornalistas concorreram em duas categorias: eletrônica (rádio, TV e internet) e impressa (jornal e revista). Na primeira, houve um vencedor e três menções honrosas. A vencedora foi Lídia Pacce, da Intertv Cabugi com a matéria sobre a situação da adoção no Rio Grande do Norte, mostrando o trabalho dos juízes em Natal e em Mossoró. Receberam menção honrosa os jornalistas: Lídia Pacce, com a matéria Depoimento Sem Dano; Guia Dantas (Tribuna On-Line), com a matéria Depoimento sem Dano e Túlio Duarte (TV Câmara), com a matéria Harmonizar a Justiça, que mostra uma decisão do juiz érgio Maia sobre uma adoção homoafetiva.

Na segunda categoria, a vencedora foi a jornalista Guia Dantas (Tribuna do Norte), com a matéria sobre o Depoimento sem Dano. Houveram também três menções honrosas para os jornalistas: Francisco Francerne (Diário de Natal), com a matéria Caráter que se aprende na escola; Roberta Trindade (Tribuna do Norte), com a matéria Grupo que muda a vida dos presos no Rio Grande do Norte e Dessana Araújo (Jornal de Hoje), com a matéria Desafio é manter a qualidade nas decisões. Os vencedores de cada categoria receberam um cheque no valor de dez salários mínimos.
(Fonte: TJRN)
.
.
.
.

Nenhum comentário: