06 agosto 2009

- PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL PODERÁ SER CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DE 2010.

.
O presidente do Banco Central do Brasil, economista Henrique Meireles, disse, ontem, que ainda não sabe se vai se candidatar a algum cargo nas eleições de 2010.
.
Um assunto dessa natureza, em um país onde as leis são respeitadas, daria, na pior das hipóteses, azo à uma interpelação e, lógico, exoneração imediata do cargo mais imortante da hierarquia da política econômica levada a efeito no Brasil.
.
Ele deu tal declaração, pasmem, como se fosse a coisa mais banal do mundo, ignorando, por exemplo, que por sua ótica e crivo passam todas as decisões relativas à política econômica, sem prejuízo de ser ele, também, detentor de informações privilegiadas que, se vazadas (intencionalmente ou não) poderá benficiar (!?) quem delas venha a ter conhecimento. Já tivemos exemplos.
.
Com a maior naturalidade do mundo, ele sinalizou ainda que, "se aderir a algum partido, deverá ficar no cargo até março, prazo legal para a descompatibilização de ministros que concorrerão a algum cargo eletivo."
.
Será que depois dessa declaração podemos ter a certeza (que nunca tivemos) de que ele estará dedicado e focado única e exclusivamente no Banco Central do Brasil, levando em conta apenas os interesses da boa condução da política monetária e cambial do país?????
.
Coisas de um Brasil que precisa acordar.
.

Nenhum comentário: