13 dezembro 2008

- SANTA LUZIA - PADROEIRA DE MOSSORÓ, RN.

.
.
.

Santa Luzia - Padroeira de Mossoró, RN.


Luzia nasceu em Siracusa (Itália), no final do século 3, no seio de uma família cristã rica e poderosa. Ainda jovem fez voto de castidade sem que seus pais soubessem. Esse seu compromisso se tornaria um obstáculo intransponível para o casamento que a mãe, ignorando o voto, lhe destinara depois de ficar viúva.
A mãe, porém, fica gravemente enferma e faz uma peregrinação ao túmulo de Santa Ágata, acompanhada por Luzia. Retorna completamente curada. Dá então liberdade a Luzia para seguir sua vocação. A jovem dedica-se totalmente a obras de caridade, atendendo especialmente os pobres, fracos, aflitos excluídos. O pretendente rejeitado não a perdoa pela humilhação e a denuncia como cristã ao procônsul Pascácio. Como a lei não permite que seja condenada à morte, Luzia é ameaçada de ser levada para um prostíbulo antes de ser torturada e martirizada.
A jovem enfrenta seus acusadores com uma frase que é testemunho de uma espiritualidade autêntica e de uma precoce reivindicação feminina: “O corpo só será contaminado se a alma consentir”. Em seguida, ela é submetida às torturas de costume e por fim morta com um violento golpe de espada.
A devoção e o culto a Luzia difundiu-se rapidamente e, talvez pelo significado do seu nome – de lux, luz em latim, começou logo a ser invocada como protetora dos olhos. Sua imagem é a apresentada com uma taça com dois olhos, porque, segundo a lenda, seus olhos teriam sido arrancados antes de ser morta. Mas, para alguns historiadores, os olhos têm o significado de luz, fazendo referência ao seu nome.
A história diz que Dante, devotíssimo desta santa, a ela se dirigia para curar-se de problemas de visão, em razão dos muitos livros que lia. Na obra Divina Comédia, Luzia se torna símbolo da graça iluminadora e sua proteção está mais ligada ao nome: luz espiritual que consegue ver muito além das realidades terrenas.
O Senhor disse: “Faça-se a luz”, a exemplo de Santa Luzia, nos faça ver a luz e evitas as trevas, ver o caminho e evitar o desvio, ver a verdade e evitas a falsidade, ver a vida e evitar a morte.
.
.
.

Nenhum comentário: