03 dezembro 2008

- FESTIVAL DA CANÇÃO E DA CULTURA POTIGUAR.

ETAPA DE MOSSORÓ DO FESTIVAL DA CANÇÃO E DA CULTURA POTIGUAR CLASSIFICA SETE COMPOSIÇÕES PARA A GRANDE FINAL.
.
.

Robinson Faria, discursa ladeado por Fafá, Leonardo e Fco José (Foto Diário de Natal)

A terra de Hermelinda, Elizeu Ventania, Reinaldo Bessa e tantos outros artistas consagrados já conhece os novos talentos que representarão a cidade na final do I Festival da Canção e da Cultura Potiguar. O evento, promovido pela Assembléia Legislativa do Estado, reuniu na noite desta sexta feira (28), em Mossoró, 24 compositores, distribuídos nas categorias estudantil e geral. Sete canções foram selecionadas e participam da grande final do Festival, que acontece no dia 19 de dezembro, em Natal.

O presidente da Assembléia Legislativa e grande articulador do projeto, deputado Robinson Faria, realizou a abertura oficial do evento, em meio ao show do cantor natalense Gilliard, que relembrou antigos sucessos. Faria destacou o sucesso do festival, e enfatizou que o Rio Grande do Norte precisava, havia muito tempo, de um projeto tão grandioso para a área cultural. "O Festival é um grande sucesso, mesmo na primeira edição. Isso ocorre porque é uma parceria cultural para o povo, que oportuniza os novos talentos. Nosso Estado precisava de alguma iniciativa deste tipo. Quero deixar da minha gestão algo que fique marcado, e que não pare de acontecer. Torne-se um hábito", frisa Robson Faria.

Já a prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, parabenizou a iniciativa do presidente da AL em realizar o evento, e elogiou o fato do festival chegar a todas as regiões, proporcionando aos compositores de todo o Estado a oportunidade de mostrar o talento musical que possuem. "Quero parabenizar o deputado Robinson Faria, que foi muito feliz em realizar este festival. Como gestora eu agradeço pela descentralização, que dá oportunidade a mais talentos e espero que o evento seja um sucesso", enfatiza a prefeita. Durante as apresentações, na Praça de Eventos, destaque para o nível elevado dos candidatos. "O nível é surpreendente. Altíssimo. Sinto como se os antigos festivais estivessem renascendo", enfatiza coordenadora do projeto, Luci Dantas.

As composições apresentadas pelos candidatos na categoria geral trouxeram uma mistura de ritmos, mas ao final, prevaleceram os mais tradicionais da região, como o xote e o baião. As baladas românticas, por sua vez, embalaram as músicas compostas na categoria estudantil, onde foram classificadas as seguintes canções: Aconteceu (Pedro Júnior) e Eu sou mesmo assim (Monaliza Mirelle). "As pessoas sempre falavam da minha música, que era muito boa. Por isso não fiquei tão surpreso assim", comenta Pedro Júnior, que dedicou a classificação à namorada, inspiradora na composição.

Já na categoria geral/Mossoró três composições passaram para a grande final do próximo dia 19: Tudo na vida (Kelly Lira), Mãe Mossoró (Allan Jonnys e Francisco Nolasco), e Transposição (Marcílio Brapo). Também se classificaram duas canções da categoria geral/Assu: Xote lindo (Zelito Coringa) e Ela (Eduardo Bem e Tertuliano Ayres). Para Allan Jonnys, que já participou de outros festivais, o Fescap é uma oportunidade ainda maior, devido ao fato das canções interpretadas serem composições próprias. "A gente está acostumado a interpretar grandes clássicos nacionais, e quando interpreta uma cria nossa é completamente diferente. Gostaria muito que mais festivais como este acontecessem. Parabéns a Assembléia Legislativa pela contribuição importante em prol da cultura", ressalta Allan Jonnys, em meio à comemoração pela classificação.

Todos os classificados para a final participarão da gravação de um CD em conjunto, e terão apresentações garantidas em outro projeto desenvolvido pelo legislativo estadual, a Assembléia Cultural, no próximo ano. Além do cantor Gilliard, também se apresentaram no Festival, o Grupo de Violões da Escola Municipal de Música Pedro Ciarlinni, Grupo de Flautas, dueto musical, e a banda potiguar Perfume de Gardênia, que encerrou a noite.

O Festival da Canção e da Cultura Potiguar segue agora para Caicó, onde acontece no próximo dia 16, a 4ª etapa da competição que está movimentando o cenário cultural e artístico do Rio Grande do Norte. As duas outras etapas foram realizadas em Natal e Santa Cruz.

Na grande final serão distribuídos prêmios de até R$ 4 mil reais.
.
OS CLASSIFICADOS NA 3ª ETAPA

Categoria estudantil:

Aconteceu – Pedro Júnior (Escola Sagrado Coração de Maria)

Eu sou mesmo assim – Monaliza Mirelle (Escola Joaquim Borges)

Categoria geral/Mossoró

Tudo na vida – Kelly Lira

Mãe Mossoró – Allan Jonnys e Francisco Nolasco

Transposição – Marcílio Brapo

Categoria geral/Assu

Ela – Eduardo Bem e Tertuliano Ayres

Xote lindo – Zelito Coringa

(Fonte: Diário de Natal).

.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olhando a foto aê em cima, fico imaginando: a partir de quantos integrantes é caracterizada a formação de "quadrilha"?