28 outubro 2008

- MORRE O POETA LUÍZ SOBRINHO.

.
.
.
Luíz Sobrinho e sua esposa Adalzirene (foto: azougue.com)
.
Aos sessenta e nove anos, morreu Luís Lopes da Silva Sobrinho (foto), poeta, professor, advogado militante, escritor, ex-vereador de Mossoró e ex-deputado do RN.
Político de perfil considerado moderado, sempre militou no grupo “aluizista”, principalmente por sua umbilical vinculação com o seu compadre e ex-colega de bancada na Assembléia Legislativa do RN, atual presidente do Congresso Nacional, Senador Garibaldi Alves Filho.
Em 1972, elegeu-se para o cargo de vereador de Mossoró.
Em 1974, elegeu-se deputado estadual pelo MDB, em dobradinha com o Deputado Federal Henrique Eduardo Alves.
Em 1976, sem o sucesso almejado, disputou a prefeitura de Mossoró.
Em 1978, não conseguiu renovar o seu mandato na Assembléia Legislativa.
Em 1982 disputou sua última eleição, concorrendo para o cargo de vereador, não obtendo êxito.
Considerado por muitos como uma das vítimas do “pacto solidão” (acordo feito entre os Maia e os Alves, em 1978), Luíz Sobrinho dizia que fora esta uma das causas que o levaram à sua “aposentadoria” da política.
A partir daí, continuou exercendo o seu mister de professor da rede estadual de ensino.
Em 1994, formou-se em Direito pela UERN e, desde então, passou a atuar como advogado, principalmente na área criminal.
O velho “Lula” ou “LL da SS”, como eu, carinhosamente, costumava chamá-lo, deixará saudades.
Descanse em paz, velho poeta.
.
Leia mais clicando aqui.
.
.

Nenhum comentário: