06 março 2008

- AUTOMÓVEL: UM BEM DE ADORAÇÃO...


Da forma como tem acontecido a expansão da quantidade de veículos postos nas ruas do nosso país, não vai tardar para que o automóvel seja tido unicamente como um verdadeiro objeto de adoração. Sim, porque em menos de uma década, é certo, não teremos mais espaço para que trafeguem, inclusive nas estradas. O que imprime realidade a este fato é, também, as facílimas condições para se adquirir um veículo, quer seja novo quer usado. Nâo importa. É que, se por um lado as financeiras estão abarrotadas de dinheiro decorrente do anatocismo (cobrança de juros sobre juros) por elas deliberadamente praticado; por outro, é lógico, necessitam desovar seus estoque fianceiros para receber de volta um volume excessivo do vil metal. Na realidade, comprar um carro hoje em dia é coisa fácil; difícil é mantê-lo. De início, o alto preço do combustível, impostos, taxas, seguros, etc., etc., tudo pelos olhos da cara; depois a desilusão. Assim não tem classe média que aguente. Dá até pra imaginar a realidade daqui a alguns anos: um lindo carro na garagem sem qualquer utilidade... apenas lembrança, nada mais.

Nenhum comentário: