15 dezembro 2006

-MORRE O COMPOSITOR SIVUCA AOS 76 ANOS DE IDADE.


Ele estava internado há dois dias para tratamento de câncer.

Morreu no final da noite de quinta-feira (14) o músico Severino Dias de Oliveira, o Sivuca. Ele estava internado havia dois dias num hospital em João Pessoa, na Paraíba, para tratamento de câncer. Sivuca tinha 76 anos e compôs músicas conhecidas como 'Feira de Mangaio', 'Adeus Maria', 'Reunião de Tristeza' e 'João e Maria', que compôs com Chico Buarque. De acordo com o "Jornal da Paraíba", Sivuca estava internado desde terça-feira no Hospital Memorial São Francisco. Ele sofria há mais de um ano de câncer na laringe. O compositor está sendo velado no Parque das Acácias, em João Pessoa. O sepultamento deve ocorrer às 17h desta sexta-feira.
Severino Dias de Oliveira nasceu em 1930 na cidade de Itabaiana, na Paraíba. Seu trabalho, reconhecido internacionalmente, inclui a composição de frevos, choros e forrós.
Começou a carreira aos 9 anos, em casamentos e festas pelo interior. Aos 15, participou de um programa de calouros em Recife tocando, entre outras, 'Tico-Tico no Fubá', de Zequinha de Abreu. Anos depois, ele gravou a música em seu primeiro disco. Foi também no Recife que adotou seu nome artístico. Sivuca veio morar em São Paulo pelas mãos da cantora Carmélia Alves. Trabalhou em dezenas de programas de rádio e foi do elenco fixo da TV Tupi entre 1955 a 1959. Em 1958, foi para a Europa, juntamente com músicos como Abel Ferreira e o Trio Iraquitã. Morou quatro anos em Paris, de 1960 a 1964 e, em 1965, já estava nos Estados Unidos para integrar, como guitarrista, o conjunto de Miriam Makeba, famosa pela gravação de 'Pata Pata'. Com ela viajou pela África, pela Europa e pela Ásia.
Foram mais de dez anos acompanhando músicos de todas as vertentes e dirigindo musicais nos EUA. Voltou ao Brasil, em 1975, e gravou o belo 'Sivuca e Rosinha de Valença'. Compôs clássicos como 'Feira de Mangaio', sucesso na voz de Clara Nunes. Era casado com a também compositora Glória Gadelha. (Fonte: Globo)

Nenhum comentário: