03 novembro 2006

-FIM DA REELEIÇÃO ALTERARÁ NOMES PARA PREFEITO DE MOSSORÓ.


Começa a tomar forma, o fim do dispositivo constitucional que garante a reeleição para os cargos executivos, entendendo-se ai Presidente da República, Governador e Prefeito,começa a tomar forma no Planalto. Existe um grupo que defende o fim imediato da reeleição; já outro defende que seja somente a partir de 2010, mantendo-se, assim, o “benefício” para os atuais prefeitos e acabando juntamente com o segundo mandato do Presidente Luis Inácio Lula da Silva. Fato é que, concretizada a extirpação de referido dispositivo, as diretrizes que prevalecerão no âmbito das eleições municipais em 2008, representarão exatamente o que se pode definir, para a maioria dos grupos políticos, como prato indigesto. É que, resguardadas as devidas proporções, sem a necessidade de declinar nomes nem tampouco esquecer que “o político profissional enxerga somente a próxima eleição e que o estadista olha sempre para a próxima geração”, inevitável que se atente para as conseqüências do questionamento acima, principalmente para o futuro de nossa cidade e região. Já sob a égide da reeleição, quando se decidiu pela eleição da atual prefeita de Mossoró, desde logo, todos os vitoriosos deram início ao processo das eleições que terminaram no último final de semana. É lógico que não esperavam o resultado mas, mesmo assim, estão a dar andamento, como de praxe, aos meios propiciadores dos planos visando as eleições municipais de 2008. A governadora Vilma de Faria, a grande vitoriosa do último pleito, certamente terá uma candidatura a receber a condição de “oficial”. Neste aspecto, é bom não esquecer que a parceria entre o Governo do Estado e o Município de Mossoró, que já rendeu vários frutos (obras) para a cidade, deve continuar independentemente da posição política da Prefeita Fafá Rosado. Assim, caso se concretize o fim da reeleição, especificamente no tocante a Mossoró, o ex-deputado federal Betinho Rosado passará à condição de “bola da vez” para disputar a prefeitura. Do contrário, a prefeita Fafá Rosado manterá todas as chances de emplacar um segundo mandato. (Herbert Mota)

Nenhum comentário: