16 setembro 2006

EMPATE TÉCNICO NA DISPUTA PARA O GOVERNO DO RN

Diferença de Garibaldi para Wilma cai para quatro pontos
De acordo com a segunda rodada da pesquisa Ibope, divulgada no final da tarde de ontem pela InterTVCabugi, diminuiu para quatro pontos percentuais a diferença entre os dois principais candidatos ao governo do estado. Os índices mostram o candidato da coligação Vontade Popular, senador Garibaldi Filho (PMDB) com 46% das intenções de voto, contra 42% da candidata da coligação Vitória do Povo, governadora Wilma de Faria (PSB). Pelos números divulgados, fica patente a impossibilidade de uma assertiva capaz de acerto. No entanto, quando se analisa os números das pesquisas feitas nos últimos três meses, tem-se por inconteste o fato de as linhas do gráfico etarem sempre num mesmo sentido, ou seja, Garibaldi Filho vem sempre na descendente, enquanto a Governadora Vilma de Faria, continua na ascendente. Se as linhas já se cruzaram é uma questão que, na pior das hipóteses, está bem próximo de se saber. O que não se pode olvidar é que em razão do crescimento da Governadora Vilma de Faria (isso é fato), e da diminuição dos dias para o pleito, a relação é inversamente proporcional, ou seja: quanto menos dias maior é a probabilidade de vitória da candidata do PSB. (Herbert Mota)
PESQUISA ANTERIOR - A diferença apontada pela primeira pesquisa Ibope, realizada entre os dias 20 e 22 de agosto, mostrava uma distância de oito pontos entre os dois candidatos. O número de indecisos subiu de 3% para 4%. Já o número de votos nulos e brancos baixou de 6% para 4%.
NANICOS - Entre os candidatos dos chamados partidos nanicos, José Geraldo Forte (PSL) permanece na terceira colocação, com 2%, um ponto a mais que na primeira rodada da pesquisa. Empatados com 1% das intenções de voto, os candidatos Marcônio Cruz (PSDC) e Xeque Humberto (PTC). Sandro Pimentel (PSOL) e Zé Bezerra (PCB), não somaram nenhum ponto percentual nesta segunda rodada do Ibope.
SEGUNDO TURNO - Com estes números ainda não é possível saber se haverá segundo turno na eleição, se considerada a margem de erro da pesquisa, que é de 3% para mais ou para menos. Ainda assim, o instituto realizou uma simulação para o segundo turno entre os dois principais candidatos. De acordo com a simulação, o senador Garibaldi Filho venceria a eleição com 52% dos votos. A governadora Wilma de Faria ficaria com 44%. O número de votos brancos e nulos permanece em 5% e o índice de indecisos caiu de 2% para 1%.
SENADO - Se na primeira pesquisa Ibope realizada há cerca de 20 dias apontava empate técnico entre Fernando Bezerra e Rosalba Ciarlini, na nova rodada desta sexta do Ibope pode-se considerar que o primeiro disparou na frente na corrida pelo Senado. O candidato da coligação Vitória do Povo, aparece com 35% das intenções de voto, contra 30% da candidata pefelista da coligação Vontade Popular. O ex-senador Geraldo Melo (PSDB), está com 17%.O número de eleitores que não opinaram baixou de 9% para 8%. Já o de votos brancos e nulos também caiu, baixando de 8% para 6%.Entre os demais candidatos, aparecem empatados com 1% das intenções de voto, Antônio Sotero (PSL), Augusto Maranhão (PTC), Joanílson de Paula Rego (PSDC) e Simone Dutra (PSTU). O candidato Edgar Caldas (PCB) não pontuou.
UNIVERSO - O Ibope ouviu 812 entrevistados em todas as regiões do estado, entre os dias 12 e 14 de setembro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, sob o protocolo 13883/2006. (Fonte: Diário de Natal)

Nenhum comentário: