05 novembro 2013

MUNICÍPIO DE UMARIZAL FECHA SEDE DO PODER EXECUTIVO EM PROTESTO CONTRA A CRISE FINANCEIRA QUE ASSOLA OS MUNICÍPIOS DO RN.

Sede do Poder Executivo de Umarizal, RN (foto: Raniele Gomes)
Por decisão do prefeito Carlindson Onofre, Mano, a Sede do Poder Executivo de Umarizal, RN, fechará suas portas hoje e amanhã.
 
A medida representa uma espécie de protesto coletivo e simbólico contra a crise financeira que atinge os municípios do Rio Grande do Norte, uma vez que o protesto é organizado pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) e faz parte do movimento SOS Municípios, lançado no último dia 21.

Durante todo o protesto a prefeitura de Umarizal e de todas as cidades do estado permanecerão com suas sedes fechadas e sinalizadas com uma faixa preta com a mensagem do movimento. Apenas os serviços essenciais à população irão funcionar. Hoje e amanhã, também, uma comissão de prefeitos liderada pelo presidente da Femurn, Benes Leocádio, estará em Brasília onde pretende visitar todos os parlamentares federais do Estado.

Uma das medidas solicitadas ao Congresso Nacional é a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 39 que aumenta em 2% a destinação dos recursos arrecadados com o Imposto de Renda e o Imposto sobre Produção Industrial (IPI) para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Nos dias 11 e 12 de novembro, a Confederação Nacional dos Municípios promoverá, conjuntamente com as Federações Estaduais, uma grande mobilização junto ao Congresso Nacional dos Municípios.
 
 
 
Com informações de Ranniele Gomes

Nenhum comentário: