17 outubro 2013

TRT-RN TERÁ MAIS DOIS DESEMBARGADORES EM 30 DIAS.

Após dois dias de trabalho em Natal, o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Ives Gandra, finalizou a inspeção realizada no Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) com a leitura da ata em sessão pública, realizada na manhã desta quarta-feira (16), no auditório do Tribunal Pleno.

Foi muito fácil realizar a inspeção na 21ª Região, pois as informações no TRT do Rio Grande do Norte são muito transparentes. O tribunal mantém o sistema e-gestão atualizado e isso nos garantiu uma radiografia precisa da situação da Justiça do Trabalho da 21ª Região”, disse o ministro.

Entre as recomendações apresentadas pelo corregedor, destacam-se a fixação do prazo de 30 dias para que o TRT-RN instale os gabinetes e deflagre o processo de escolha dos juízes que ocuparão duas vagas de desembargador federal do trabalho.

O tribunal deve formar as listas tríplices para escolha dos novos desembargadores do tribunal pelos critérios de antiguidade e merecimento e definir os locais dos gabinetes”, indicou Ives Gandra.

O corregedor recomendou, ainda, que “dois juízes do trabalho sejam convocados para ocupar as vagas de desembargador, enquanto os nomes não são definidos pela presidente Dilma Roussef”.

O ministro recomendou, também, que seja definido nos próximos 30 dias o nome de um juiz para ocupar o cargo de diretor Fórum Trabalhista de Natal.

Outra mudança sugerida pelo corregedor foi a escolha de um desembargador para assumir a direção da Escola Judicial, atualmente ocupada pela juíza Simone Jalil.

O presidente do TRT-RN, desembargador José Rêgo Júnior, informou que vai se empenhar para cumprir as medidas recomendadas e agradeceu as observações feitas pelo ministro Ives Gandra.

Sou também corregedor do tribunal e sei como esse é um trabalho complicado, mas que deve ser levado em consideração. Temos consciência dos problemas que enfrentamos e vamos nos dedicar para cumprir com as recomendações feitas pelo ministro”, garantiu o presidente do tribunal.

Logo que encerrou a inspeção no TRT do Rio Grande do Norte, o corregedor Ives Gandra embarcou para Fortaleza, onde realizará inspeção no TRT do Ceará.

trt-rn

Nenhum comentário: