16 abril 2013

POBRE RIO GRANDE DO NORTE: POLÍCIA CIVIL FAZ PARALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA.

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública (Sinpol-RN) confirmou que a haverá uma paralisação da Polícia Civil, nesta terça-feira (16), em de todo o Rio Grande do Norte. A decisão foi tomada no início deste mês, principalmente em virtude do retorno de presos para as delegacias.

De acordo com a categoria, a situação é inaceitável, visto que a custódia deve ser feita pelo sistema prisional, ou seja, por agentes penitenciários. Com isso, a paralisação está sendo denominando de: "O dia do resgate da Polícia Civil". 
 
A partir das 8h, serão feitas mobilizações por todo o Estado, com assembleias no auditório do Sinpol-RN, na Cidade Alta, em Natal, e em cidades-pólo, como Mossoró e Caicó.

Ainda de acordo com os policiais civis, a situação se tornou insustentável com as recentes decisões judiciais de interdições de cadeias públicas e presídios, notadamente nos municípios de Caicó, Goianinha, Mossoró e Macau.

Os policiais civis, que há pouco tempo conseguiram acabar com os presos em delegacias na Grande Natal, informam que não vão admitir o retrocesso vindo do interior. 
 
O desvio de função é considerado ilegal no Brasil, com várias decisões judiciais, que apontam que policial civil não deve custodiar presos de justiça, situação que atrapalha o papel que possuem: de investigar e solucionar crimes.

A paralisação também acontece por outras razões. Os policiais farão greve na busca pela convocação dos 306 policiais concursados, que aguardam desde 2010 a nomeação, uma vez que o Governo do Estado apenas está fazendo substituições com as vacâncias por aposentadorias ou falecimentos.

Eles lutam ainda pelo curso de formação de 290 suplentes aprovados no concurso de 2009 e realização de outro processo seletivo.

 
 
com informações do Sinpol

Nenhum comentário: