11 abril 2012

DEMOCRATAS, EM QUEDA LIVRE, TENDE A FUNDIR-SE AO PSDB.

.
Depois do mensalão do Arruda, o envolvimento de Demóstenes com Carlinhos Cachoeira parece decretar o ocaso da legenda. Líderes do partido ainda dizem que aguardarão a resposta das urnas, mas a união com os tucanos já é cogitada em grande escala entre os democratas.

Na realidade a discussão de uma fusão entre o PSDB e o DEM se dará a partir das eleições municipais deste ano.

Só pra vivar a memória: em setembro de 2010, o então presidente Lula aproveitou o escândalo de corrupção do governo do Distrito Federal, que ficou conhecido como “mensalão do DEM”, para pregar a extinção do partido. 

Cerca de sete meses antes, o ex-governador do DF José Roberto Arruda, um dos principais nomes da legenda, era preso pela Polícia Federal em Brasília, e em seguida deposto do comando do Governo do DF. Era um duro golpe no partido. Arruda estava então cotado para ser o candidato a vice na chapa de José Serra, do PSDB, ou mesmo para tornar-se presidenciável. 

Depois que Arruda desceu pelo ralo, um novo golpe veio com a criação do PSD de Gilberto Kassab, que tomou do partido 16 deputados e dois senadores.

Agora, o DEM perde Demóstenes, que liderava o partido no Senado e era cogitado em algumas conversas mesmo como uma futura aposta do partido para a disputa da Presidência. 

Como um castelo de cartas, o DEM desmorona e parece confirmar o vaticínio de Lula.




fontecongressoemfoco

Nenhum comentário: