12 março 2012

GOVERNO DE ROSALBA DISCRIMINA A RÁDIO DIFUSORA DE MOSSORÓ.

.
Não preciso de procuração nem tampouco de autorização do diretor geral da Rádio Difusora de Mossoró, RN, Dr. Paulo Afonso Linhares, para defendê-la neste espaço. Não. Não preciso. Aliás, é bom registrar que ninguém pode negar os valorosos serviços prestados por esta pioneira emissora, campeã de audiência, que chega aos quatro cantos do Rio grande do Norte e parte dos estados da Paraíba, Pernambuco e Ceará. Este fato o governo da Dra. Rosalba Ciarlini, faz questão de "desconhecer".

O Governo do Estado do RN, por determinação da governadora Rosalba Ciarlini (leia-se o governador de fato, Carlos Augusto Rosado) vem excluindo a Rádio Difusora de Mossoró, da programação que ela (governadora) leva ao ar através das emissoras da cidade, incluindo-se ai a FM Resistência, de propriedade do grupo do ex-deputado Laíre Rosado/Sandra Rosado, adversários políticos do grupo comandado pelo governador de fato, acima referido.

Em face desta realidade, o Diretor Administrativo da Rádio Difusora, jornalista Emerson Linhares (foto), encaminhou ao Assessor de Comunicação do Governo do RN, Sr. Alexandre Mulatinho, correspondência destacando a discriminação perpetrada contra a emissora, cujo conteúdo reproduzo abaixo, na íntegra:

"Caro Senhor Alexandre Mulatinho, mui digníssimo Assessor de Comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte

Por intermédio do presente venho externar a minha insatisfação para com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, pelo que entendo ser uma DISCRIMINAÇÃO para com a Rádio Difusora de Mossoró S/A, empresa da qual sou Diretor, pelo fato do governo não fazer nenhum tipo de anúncio publicitário na emissora.

A Rádio Difusora de Mossoró presta serviços à sociedade oestana potiguar há 62 anos (aniversário que acontecerá em 7 de setembro de 1950) e conquistou, veja bem, como primeira rádio de Mossoró, ao longo desse tempo, a primazia de ser um patrimônio do povo mossoroense. Aliás, os mossoroenses tem a rádio Difusora como parte de suas famílias, onde gerações e gerações são embaladas não só pelas músicas mas também pelas notícias, pela alegria contagiante de seus comunicadores e, principalmente, pela seriedade e confiabilidade. Não é à toa que a Rádio Difusora de Mossoró é lider em audiências (as pesquisas comprovam) há décadas no segmento AM e não deixa a dever a outras empresas radiofônicas seja no segmento AM ou FM.

Não compreendo, sinceramente, como o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, um ano e três meses após a posse da Excelentíssima governadora Rosalba Ciarlini Rosado, pode deixar de fora dos anúncios de obras, serviços e da voz da própria governadora (que apresenta um programa radiofônico diário, inclusive na Rede Potiguar de Comunicação/RPC), a Rádio Difusora de Mossoró. Só posso entender que seja DISCRIMINAÇÃO.

A Difusora é líder de mercado no segmento AM, como já disse. Possuímos comprovadas audiência, seriedade, confiabilidade, longevidade, serviços prestados à sociedade e é um patrimônio de Mossoró. Mas, estranhamente, não faz parte da lista de emissoras de rádio que divulgam as ações do Governo do Estado. Sinceramente, não dá para compreender...

Fica aqui o meu protesto, a minha insatisfação e a minha indignação.

EMERSON LINHARES
Diretor da Rádio Difusora de Mossoró
(84) 8829.5896

Um comentário:

Anônimo disse...

Caro herbert esse é o tipo de governo, muito abaixo do convencional, que por tres vezes dirigiu a cidade de Mossoró. O rgn vai demorar muito tempo para recuperar o atraso do periodo Rosalba.