14 agosto 2011

RIR...

.
PAPAGAIO ABUSADO.
.
Tinha um papagaio muito abusado que ficava na porta da barbearia Sempre que a Selminha passava por lá, ele chamava:
"Oi, quenga!"
Ela, já farta, um dia queixou-se ao dono da barbearia, que resolveu dar um castigo no papagaio.
Pintou o sacana todo de preto.
Dois dias depois Selminha passou na porta e o papagaio, pintado de preto, não disse nada.
Dia seguinte, passou mais duas vezes, e o bicho quieto.
Ela começou a rir e perguntou:
"E aí, mané... Não vai dizer nada hoje?"
E o papagaio, tranquilamente, cheio de marra:

"Quando estou de smoking não falo com quenga!”
.
.
.

Nenhum comentário: