02 agosto 2011

MAIS DE 600 AÇÕES CONTRA ONG MEIOS FORAM AJUIZADAS NA JUSTIÇA DO TRABALHO.

.
No início do mês de julho, o TRT/RN iniciou um esquema especial de atendimento aos ex-funcionários da Organização não Governamental - Meios, que foram demitidos em 2010, sem receberem verbas rescisórias.

Segundo levantamentos da Secretaria de Distribuição de Feitos de Natal, foram ajuizadas, até o dia 29 de julho, 613 ações trabalhistas “a termo”, que é o tipo de reclamação feita pelo próprio empregado sem necessidade de advogado ou assistência jurídica sindical. Entre as reivindicações dos profissionais estão o direito ao seguro desemprego e ao FGTS.

Diariamente, o TRT-RN recebia, em média, cinco reclamações a termo. Agora, com o mutirão de atendimentos para os ex-funcionários da ONG Meios, esse número passou para 60 atendimentos por dia.

“Já estão agendadas 130 pessoas para darem entrada nas ações trabalhistas contra a ONG Meios de hoje, segunda-feira(1) até o dia 3 de agosto. Após o encerramento desse agendamento, o atendimento vai continuar a todos aqueles trabalhadores que desejem ajuizar as ações e ainda não tiverem comparecido à Justiça do Trabalho. Eles podem comparecer ao TRT/RN de segunda a sexta-feira, das 08h às 13h, para realizar suas reclamações a termo, informou o chefe do atendimento da distribuição de feitos de Natal, Jailson Nascimento.

Documentos - Para agilizar o trabalho dos servidores da Justiça, os ex-funcionários da ONG Meios devem apresentar no ato da reclamação, as cópias da Carteira do Trabalho, RG e CPF, comprovante de residência e extrato atualizado do FGTS.
.
.
Fonte: TRT-RN
.
.

Nenhum comentário: