06 julho 2011

CNJ APROVA CRIAÇÃO DE NOVOS CARGOS PARA O TRT-RN.

.
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou, na manhã desta terça-feira (5), um anteprojeto de lei que cria 19 cargos na área de Tecnologia da Informação (TI) para o TRT/ RN. 
.
Ao todo, são 16 cargos de analista (nível superior) e 3 para técnicos (nível médio) que farão parte do quadro permanente do tribunal. 
.
O processo foi relatado pelo conselheiro Jorge Hélio Chaves de Oliveira.

A proposta, que acaba de ser aprovada pelo CNJ, já recebeu parecer favorável do Conselho Superior de Justiça do Trabalho (CSJT) e do Tribunal Superior Trabalho (TST). 
.
Agora, o anteprojeto segue para o Supremo Tribunal Federal (STF) e, depois, para o Congresso Nacional.
.
.
Fonte: Ascom - TRT-/21ª Região
.
.

Um comentário:

Anônimo disse...

Desabafo de um policial


Nunca pensei que a instituição Policia militar fosse covarde assim, eu acho que não havia necessidade divulgar um fato desses em rede nacional.

Meus amigos, isso ai acontece em todas policias do Brasil. Para si ter uma idéia, esses comerciantes ajudam mais a Policia do que o governo do estado.

Os policiais militares que trabalham no interior em destacamento têm que se humilhar, por que se não a viatura não anda por falta de pneus ou peça. O governo do estado não garante a manutenção das viaturas e quem nos socorrem são os pequenos empresários.

O policial morre de fome, por que o governo não manda verba, meus amigos é difícil a situação. Então a única maneira e pedir ajuda ao comerciante local.

O fato do policial ter colocado gasolina no carro, ali significa a falta de viatura para o trabalho de investigação, a policia militar tem a segunda seção, que trabalha descaracterizada e não dispõe de cota para colocar combustível.