05 outubro 2010

JOSÉ AGRIPINO ENSAIA 'NOVO' DISCURSO DE OPOSIÇÃO AO PRESIDENTE LULA.

.
Caviloso, como sempre, o senador José Agripino (DEM), somente depois do resultado das urnas, declara aquilo que, por conveniência, não teve como dizer anteriormente, ou seja, não teve como bater de frente com o presidente Lula, como fez o senador Tasso Jereissati, CE, que, por coincidência ou não, amargou a sua primeira derrota na vida pública.
.
Agora fica fácil para o senador Agripino Maia, dizer: “obrigado ao presidente por colocar a digital em derrota que não precisava ter”.
..
Antecedendo ao período eleitoral, o senador José Agripino planejou tudo à régua e compasso: primeiro arrefeceu o seu discurso no senado e, depois, pediu 'licença' da liderança do DEM,  função legislativa que desempenhava, via de regra, com um porrete de jucá, que dele se utilizava para bater continuamente no governo federal.
.
O que é fato é que, o nosso velho e bravio Rio Grande do Norte, continua sendo um dos últimos redutos brasileiros onde ainda impera a velha política dos coronéis. O resultado das urnas está ai para comprovar.
.
.
.

2 comentários:

Auxiliadora disse...

Concordo com você amigo, qdo diz: que o RN ainda é um ds poucos redutos onde mandam os coronéis. Pena! (Nosso povo) ainda pensar assim.

Rui Nascimento disse...

Essa é uma característica própria dos políticos covardes, daquele tipo que brinca com a ingenuidade dos menos conscientes. Primeiro se escondeu e até elogiou o presidente. Agora, eleito, volta sua metralhadora novamente contra Lula. Atitude típica de gente falsa, covarde e hipócrita.