01 setembro 2010

CORREIO DA TARDE DIVULGARÁ PESQUISA NO DIA 6.

.
Resultante de uma parceria com a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), o jornal Correio da Tarde vai divulgar, na próxima segunda feira (6), sua terceira pesquisa realizada pelo Instituto Start de Natal.
.
Veja abaixo os principais dados do registro feito em 30/08/2010, junto ao TRE-RN.
.
Protocolo: 24550/2010
Contratada: Start - Pesquisa e Consultoria Técnica Ltda.
Contratante: Jornal Correio da Tarde
Valor da Pesquisa: R$ 17.500
Período de Realização: de 28/08/2010 a 30/08/2010
Nº. de entrevistados: 1.530
Área de abrangência: RN,
Cargos: Presidente, Governador, Senador, Deputado Federal, Deputado Estadual,

Metodologia de Pesquisa
Pesquisa de natureza quantitativa realizada por meio de entrevistas individuais, diretas e pessoais, através de questionário devidamente elaborado (em anexo) e inserido eletronicamente dentro de pc's pocket's (tecnologia esta já adotada pelo IBGE), junto a uma amostra representativa da população objeto de estudo (eleitorado do Estado do RN).

Metodologia Simulação Cenários de Segundo Turno:
Em virtude da inviabilidade da combinação de todos os candidatos a Governador e Presidente, optou-se pela realização da simulação do segundo turno com os três primeiros colocados nas pesquisas divulgadas, combinando-os dois a dois, denominados de cenários. Metodologia similar já empregada em pesquisas divulgadas de outros institutos de pesquisa.

Plano Amostral
Plano de Amostragem desenvolvido em observância das estatísticas oficiais mais atualizadas (IBGE e TRE-RN). Inicialmente, a amostra foi estratificada nas áreas de suas mesoregiões (IBGE), Central Potiguar, Leste Potiguar, Oeste Potiguar e Agreste Potiguar, e distribuída proporcionalmente, segundo a população de eleitores, em cada município componente, utilizando o método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho. No primeiro estágio de seleção, os municípios de cada mesoregião foram selecionados de acordo com seu percentual participativo em relação ao total de eleitores do Estado. No segundo estágio, para cada município definido, foram sorteados os referenciais onde as entrevistas foram realizadas, tendo por base a proporcionalidade da população dentro de cada situação de domicilio (rural ou urbana), excetuando-se os três maiores municípios do Estado (Natal, Mossoró e Parnamirim), no qual a proporcionalidade adotada foi a área geográfica dos bairros, com base na distribuição de eleitores por bairro do TRE-RN (2008), os bairros foram escolhidos de acordo com sua contribuição em relação ao total de eleitores do município, e no caso do município de Natal, dentro de suas zonas administrativas (Norte, Sul, Leste e Oeste). A identificação da unidade amostral (eleitor) ocorre aleatoriamente em estrita obediência ao sistema proporcional de cotas amostrais (técnica survey ) definidas em função das variáveis diretas - sexo e idade -, às quais foram controladas ao nível de pesquisador e coordenador, de modo a constituir verdadeiras amostras independentes, retiradas sob as mesmas condições de tempo e espaço, o que permite a oportuna análise inferencial. Pela metodologia empregada a amostra é inteiramente autoponderada, ou seja, planejada de tal forma que estrutura de proporções nela contida seja o espelho dos parâmetros estabelecidos. As variáveis indiretas - renda e escolaridade -, assim definidas pela ausência de parâmetros locais atualizados e/ou confiáveis, são controladas pela distribuição espacial, técnica e aleatória da amostra. Sendo esta, formada por 1530 entrevistas aplicadas junto à população residente e votante no próprio município componente da amostra. O Intervalo de Confiança da pesquisa é a proporção ou probabilidade ( P ) estimada mais a variação, para mais ou para menos, da margem de erro máxima de 2,52% (supondo a variação máxima), calculados para um nível de confiança de 95%, e, conseqüentemente, uma significância de 5%.

Sistema interno de controle e verificação:
A pesquisa de campo foi realizada por três equipes da Start Pesquisa e Consultoria Técnica, cada uma composta por 04 pesquisadores e 01 coordenador, especialmente preparada e qualificada para esse fim. O sistema interno de controle e verificação opera-se, a priori, pela estrita observância das fases do método estatístico, com base na correção crítica e unitária de cada instrumento de coleta (Pc?s pocket?s), quanto a seu correto preenchimento e a inteira obediência ao plano amostral individualizado que dispõe cada pesquisador, plano este entregue e verificado por cada coordenador. Os questionários são reaplicados numa proporção de até 15% do total da amostra em cada município pesquisado, seja pessoalmente, no próprio tempo de operação do campo, seja depois, via telefone. Há também controle eletrônico através de sistema de processamentos de dados que critica quaisquer inconsistências quanto aos dados de entrada, além de possível análise técnica inferencial para validação científica da pesquisa.

Municípios e bairros abrangidos pela pesquisa:
Trinta e sete municípios do Estado do Rio Grande do Norte. São eles: Apodi, Areia Branca, Açu, Baraúna, Caicó, Canguaretama, Caraúbas, Carnaubais, Ceará Mirim, Currais Novos, Extremoz, Goianinha, João Câmara, Jucurutu, Lagoa Nova, Macaiba, Macau, Marcelino Vieira, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Nísia Floresta, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Pau dos Ferros, Santa Cruz, Santana do Matos, Santo Antônio, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, São Miguel, São Paulo do Potengi, Tangará, Tenente Ananias, Touros e Umarizal.
.
Mais detalhes clique aqui.
.
.
.

Nenhum comentário: